Destaques

É simplesmente uma coisa inacreditável. Este mega parque de bicicletas no Japão, feito com a mais alta tecnologia disponível, acomoda até 800 bikes e custa o equivalente a US$30 por mês e US$ 15 para estudantes e é a prova de terremotos.

Apesar da enorme capacidade do parque, demora somente 17 segundos para que uma bicicleta seja devolvida ao seu dono. Um robô desce pelo enorme túnel, procura  a bicicleta e rapidamente volta para a superfície para entrega-la. É uma coisa de loucos.

Para acionar o sistema, basta colocar um cartão  num leitor magnético e o sistema faz o resto. O enorme parque funciona desde Abril deste ano. Vejam o vídeo desta maravilha.

 

 

Britek’s Energy Return Wheel foi inicialmente desenvolvida para veículos todo o terreno com o objectivo maximizar o desempenho e a eficiencia energética. Agora estão a desenvolver um prototipo para o BTT, encontra-se pela frente três desafios, o mais simples o piso, basta oferecer vários padrões para o tipo de terreno que o cliente quer. Os outros dois desafios encontram-se também superados, uma parede lateral muito fina com o objetivo de manter a lama, pedras ou outro tipo de detritos fora do pneu e por último a necessidade de manter uma tensão ajustável que permite assim simular as mudanças de pressão do ar, com o intuito de obter uma deformação do pneu consoante o trilho.

Nota-se que as rodas da bicicleta  neste video mostram um pneu muito firme, por enquanto são pesadas mas não nos esquecemos que se trata de protótipos e não da versão final. Como nota final trata-se de um conceito inovador e com muito potencial, dado que estamos perante um pneu sem câmara, sem ar e anti furo a 100%. Vamos ver o que vai dar, se é mais um produto passageiro ou um produto de alto desempenho nas provas.